segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Mergulhador profissional: atividade em expansão


Para ingressar no mercado de trabalho como mergulhador técnico é necessário ter qualificação. Por conta disso, o curso de mergulhador profissional raso (0 - 50 m) é exigido pelas grandes empresas do setor petrolífero e naval. Devido a este cenário promissor, o mercado de mergulho promete uma expansão pelo avanço da indústria offshore no país, com os investimentos na indústria naval e as descobertas feitas nos campos de petróleo. Considerado profissional essencial para condução de atividades em embarcações, o mergulhador conta com o apoio da legislação brasileira e sindicato dos profissionais a favor da sua segurança.
Também considerado um esporte, o mergulho é um a prática muito antiga, que exige dos profissionais muita concentração e responsabilidade. O mergulhador profissional desempenha diversas funções, sendo que 90% estão ligadas a manutenção de navios de produção e plataformas e 10% focam na instalação de cabos submarinos, turbinas de hidrelétricas e grades de contenção de rios.
Os interessados em fazer o curso devem ter o Ensino Médio completo, mais de 18 anos e devem fazer um exame médico-hiperbárico, específico para a atividade mergulho. Além disso, o candidato passará por uma prova prática, que consiste em200 metros de natação, além de 25 metros de natação submersa e flutuação por 15 minutos. Se o candidato estiver apto a realizar essas atividades está pronto para iniciar as aulas. No Rio de Janeiro, a Deep Blue em Angra dos Reis oferece vários cursos na área. Outra escola é a Divers University em Santos, São Paulo.
Após a conclusão do curso o formando precisa levar o diploma até a Marinha do Brasil, na Diretoria de Portos e Costas (DPC), responsável pelo cadastramento das escolas de mergulho. Lá, o mergulhador receberá o seu cadastro, o Livro de Registro de Mergulhador (LRM), que garantirá a licença para exercer a profissão.

Mercado de Trabalho

O mercado de trabalho está receptivo com a perspectiva de expansão para os próximos anos da indústria de petróleo e naval. No entanto, é recomendável a realização de mais cursos de qualificação, como ressalta o diretor-executivo da Deep Blue, Vinícius Ribeiro. “É possível entrar no mercado com um curso de mergulhador profissional raso, mas esse é só o primeiro passo. O ideal é seguir para um curso de inspeção visual, corte e solda submarino para ir crescendo na profissão”, disse Ribeiro em entrevista à Nicomex Notícias.
Atualmente, na legislação trabalhista brasileira a atividade de mergulho técnico está descrita como "atividade insalubre de grau máximo". Para tanto, está previsto uma “indenização por desgaste orgânico” para compensar os riscos que o trabalho oferece. Porque os pulmões, que na superfície têm uma capacidade média para 6 litros de ar - devido à profundidade e a pressão que existe no fundo do mar - têm volume reduzido para 1 litro. Para manter a capacidade original, o mergulhador aspira ar comprimido e deve ter muito cuidado no momento do retorno a superfície.
Além disso, para atuar no setor offshore, todo profissional que trabalha embarcado em plataformas ou em navios precisa ter um curso básico de segurança em plataforma e o curso básico de escape de aeronave, já que para o transporte até o local de trabalho, se usam helicópteros. “O setor está cada vez mais exigente em relação a segurança e qualificação de seus profissionais”, finaliza o diretor da Deep Blue.

FONTE: Nicomex Notícias
Jornalista: Patrícia Nascimento

18 comentários:

  1. Muito show a materia, Realmente o mar e fascinante, o mundo do mergulho é literalmente outra atmosfera.forte abç a todos os divers!!

    ResponderExcluir
  2. Felipão do hmrg também se amarra no mundo subaquatico...tubarões de aço!!

    ResponderExcluir
  3. O mercado não ta tão bom assim. Tem gente sobrando no mercado, quem diz o contrario ta só iludindo os outros...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. com certeza meu amigo . conheço varios mergulhadores excelentes que nao trab + nessa area . no papel a PODEROSA PETROBRAS E OTIMA ... SO NOS SABEMOS COMO ELA TRAB AS EMPRESAS CONTRATADAS !

      Excluir
  4. Guilherme Senai CT Solda maracanã2 de outubro de 2012 14:50

    O mercado é ruim pra quem nao se aprimora e para quem nao corre atraz

    ResponderExcluir
  5. Alguem sabe me dizer se esse campo de mergulhador em plataforma, para mulher é muito mais dificil eles contratarem? Algue já trabalha com isso? Obrigada.

    ResponderExcluir
  6. Qual campo de trabalho nao esta dificil? a questao e como conseguir sua vaga...

    ResponderExcluir
  7. existem quantas empresas no Brasil que contratam mergulhadores proficionais? quais são e onde ficam? tenho medo de investir tanto e nas axar emprego ate mesmo pela falta de experiencia.

    ResponderExcluir
  8. boa noite estou interessado em fazer este curso e gostaria de saber como estar o mercado de trabalho atualmente ate porque o curso tem o valor um pouco alto

    ResponderExcluir
  9. Olá a todos, sou mergulhador profissional recém formado tenho 9 meses de carteira assinada o que posso dizer da área? Existe o glamour? sim. É arriscado? Sim. O curso é caro? Relativamente, se analisado ao tempo que é de 2 meses e 15 dias. É bem remunerado? Não, o salário base da categoria é uma vergonha, R$ 981, e alguns centavos para mergulhador recém formado ou mergulhador A depois de 3 meses a empresa pode te passar a mergulhador b aí o salário vai pra R$1.100, cento e pouco, pouco mesmo diante das adversidades da profissão, dos equipamentos em péssimo estado que vc terá que usar, dos serviços realmente técnicos que as empresas ganham fortunas e lhe repassam uma mixaria, onde trabalho mesmo fiquei sabendo que nossa diária cobrada pela empresa é de R$ 8.000,00 a diária ´que recebo por mês é R$ 981,00 e fração mais o IDO ( indenização por desgaste orgânico ) que equivale a R$ 40,00 por mergulho realizado, o que é uma puta sacanagem, pois quando não há mergulho em um determinado mês vc recebe o salário seco. Para quem está pensando em ser mergulhador lhe dou um conselho, procure estudar pra ser gente, pois mergulhador não é nem considerado profissão e ganha menos do que um ajudante prático de obra, só é vocês pesquisarem mais a fundo, procurarem uma empresa e conversar com algum mergulhador profissional raso, o profundo já é outra história, só peixada, fora isso esqueça mergulho profundo, pois são as empresas que escolhem o seu quadro que irão fazer o curso na marinha. Então um conselho que deixo é que estudem, vão ser engenheiros, advogados, médicos etc... menos mergulhadores, pois irão trabalhar como escravos e viver como tal, sem dinheiro no bolso realmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PORRA... MEU AMIGO VC FALOU TUDO ! E MELHOR SER TAIFEIRO NA PLATAFORMA . SEM DESCONSIDERAR ERA GALERA BOA DA HOTELARIA ! MERGULHO UMA PROFISSAO LINDA + SO ISSO NAO ENCHE O BOLSO ! POR + QUE VC E PROFISSIONAL , TODOS IRAM TE CHAMAR DE MALUCO E DROGADO NUMA PLATAFORMA , FILHO DE PAPAI , ESSES COISAS , PLAYBOY, MERGULHO JA ERa . infelizmente !

      Excluir
  10. Ola, alguem poderia por favor me informar nomes de empresas que empregam mergulhadores tecnicos, eu sou um quero muito ir viver no Brasil ...por favor ajudem-me.

    lokis@live.no

    ResponderExcluir
  11. Procure o sindicato dos profissionais subaquaticos, que passam pra você, boa sorte!

    ResponderExcluir
  12. Perigoso e mau remunerado o sindicato e um lixo, se vendeu...forma muita gente o mercado tá lotado de mergulhador desempregado! Um instrutor de mergulho ganha 4 mil mergulhador ganha de 2 a 3 aqui no Brasil sindicato so serve para atrapalhar, vão fazer outro curso status não enche o bolso ah o Senai Rio tem um instrutor de nome Isaías que e vagabundo me formei com ele a 2 anos não sabe nada e se acha, duas empresas ligaram pra ele e o sacana indicou os peixes dele.além de tudo ele só enrola não passa nada até Pq não sabe nada....trabalhei na blove por 4 meses outra empresa de lixo paga mau, vou voltar a trabalhar na minha antiga profissão táxi

    ResponderExcluir
  13. PUTA QUE PARIU, TAVA PENSANDO EM FAZER O CURSO E SEGUIR A CARREIRA MAIS DEPOIS DESSES COMENTÁRIOS VOU PROCURAR OUTRA PROFISSÃO .





    ResponderExcluir
  14. Porra! Desse jeito me desanimou! ví que o curso é meio caro, e depois ter que enfrentar peixada pra ganhar pouco...

    ResponderExcluir
  15. Quem quiser saber a realidade do mergulho comercial no Brasil. Procure-me no FACE. Pois o papo é longo e desagradável.

    ResponderExcluir